Seis e Quinze

fog-1819147_640

Seis e quinze. É o que marca a fraca luz do rádio relógio.

Quanta chuva cai lá fora. Quando a chuva é forte assim logo passa, era o que meu pai sempre dizia, embora eu discordasse de muitas coisas que ele dizia, nisso eu concordava.

Aquela reunião tinha mesmo que ser hoje de manhã? Logo na segunda-feira às dez horas? Quem é que consegue ter um raciocínio lógico antes do meio-dia? A única coisa que vem em meu pensamento antes do meio-dia é: “bem que eu poderia estar dormindo”.

Continue lendo “Seis e Quinze”